É já na próxima quarta e quinta feira que temos o equinócio de Março com a entrada do Sol em Carneiro e uma Lua Cheia horas depois em Balança. Simboliza isto mudanças fortes de energia, tanto do ponto de vista da vitalidade como da sensibilidade, porque se opõem, se extremam e pedem espaço para abrir novos caminhos, com base em novos valores e muita atenção aos pormenores.

Para lá caminhamos, hoje e amanhã, e para preparar esse novo capítulo contamos com a Lua ainda em Leão, em trígono a Júpiter em Sagitário a dar-nos asas de Fogo para defender dramatica e creativamente as ideias que temos para o futuro ou a Verdade que achamos encarnar.  Mas isto não vem sem bastante oposição ou com sentimentos de incompreensão instigados pela quadratura da Lua a Marte e oposição a Vénus em Aquário. Não são no entanto estas contrariedades que nos dobram e o entusiasmo com que defendemos ideias, sonhos e razão tem o apoio de um sextil de Mercúrio retrógrado em Peixes a Marte em Touro e de um sextil de Júpiter a Vénus em Aquário. Também o quincúncio da Lua a Saturno e a Plutão em Capricórnio nos diz que se não exagerarmos na perspectiva egocêntrica conseguimos de facto mudanças estruturais significativas de impacto colectivo.

Devemos estar abertos ao que os outros têm de diferente para nos mostrar como válido com um quintil de Venus a Urano. Podem ser as boas surpresas que hoje nos encorajam a dar tudo por tudo para tornar os sonhos realidade…