Podemos ver tudo cor-de-rosa ou ver tudo negro ou alterar entre um grande entusiasmo e uma grande opressão, o importante é não esquecer que tudo é temporário, tanto para bem como para mal. É a Lua em Sagitário, conjunta a Júpiter e trígono a Vénus e ao Sol em Leão que estimulam o brilho da vida, a exposição de grandes ideias, um ego radiososo ou grandes expectativas amorosas e criativas. Mas em simultâneo, um qguincúncio de Vénus em Leão a Saturno e a Plutão em Capricórnio esfria todo o entusiasmo e obriga a olhar para a realidade, limites, obrigações, custos, responsabilidades e torna-se difícil voar atrás dos entusiasmos ou fantasias também  estimuladas e reprimidas pelo quincúncio dos planetas em Leão a Neptuno em Peixes. Ser capaz de encontrar estabilidade emocional para seguir um rumo firme que nos dê segurança sem deixar de ser criativo ou inovador, é o desafio deste dia que nos puxa para o tudo ou nada….