Hoje é um bom dia para analisar situações e arrumar assuntos, com sentido crítico, capacidade de inovação e vontade de transformar as condições existentes, como consequência de uma reflexão aprofundada sobre o que falta e há que fazer. Deve-se esta abertura  e potencialmente bons resultados- que se extendem até amanhã- à presença da Lua em Virgem, em trígono a Urano em Touro, sextil a Marte e Mercúrio retrógrado em Escorpião. O que hoje pusermos em acção amanhã trará resultados práticos e metamorfoses reais com a Lua a fazer trígono a Saturno e a Plutão em Capricórnio. Há no entanto dificuldades derivadas da oposição da Lua a Neptuno com impactos externos  que nos emocionam ou turvam a perspectiva mas em geral conseguimos ultrapassar essa influência e ver claro o que temos de fazer  e transformar não só pelos bons apoios da Lua em Virgem como pelo seu regente Mercúrio, em trânsito em Escorpião, deixar de estar retrógrado a partir das 19 horas desta quarta feira, desbloqueando-se assim muitas das situações embrulhadas desde o início do mês.

Tela de Georg Friedrich Kersting (31 Outubro 1785 – 1 Julho 1847)