Continuamos sob uma agenda astral tensa, a caminho amanhã dia 10, pelas 19.10 GMT, de um eclipse penumbral da Lua Cheia em Caranguejo, oposta ao Sol, Saturno e Plutão em Capricórnio, com Urano já estacionário a entrar directo no domingo 12. Hoje a Lua encontra-se já em Caranguejo, signo em que se exacerbam as inquietações com questões da casa, familia, segurança emocional e a nível colectivo o sentido de defesa e todas as convicções nacionalistas. Pela tarde de hoje a Lua faz um quincúncio a Marte em Sagitário, aspecto que incita a reacções impulsivas com emoções fortes mas de fundamentação contestável. Uma quadratura da Lua a Quíron em Carneiro reforça a possibilidade de agir por agir, para colmatar carências, sem que seja essa a melhor estratégia. São os riscos do dia a que se acrescenta ainda o quincúncio de Urano a Marte, em sextil à Lua, sinais de instabilidade com origem em acções cujo impacto foi ignorado. A semi-quadratura de Marte a Mercúrio e ao Sol em Capricórnio, com Saturno e Plutão conjuntos no mesmo signo, augura conflito por excesso de vontade, em impulsos para demonstrar tudo do que somos capazes, uma vez mais sem reflexão sobre as consequências. Face a este cenário de tensão em várias frentes, nesta Lua Cheia vamos certamente ter de tratar de questões do foro íntimo, doméstico ou nacional mas o melhor é fazê-lo com muita muita calma. Há uma ordem que está a mudar, não podemos controlar tudo mas podemos controlar as nossas reações.