Quinta, 9/4/20- Velhos desafios, pensar opções

As surpresas surgem de manhã e com elas a constatação de que não controlamos tudo o que queríamos controlar, que o novo se impõe e exige respostas novas. A Lua em Escorpião começa o dia em oposição a Urano em Touro e quadratura a Marte em Aquário num quadro de tensões múltiplas entre o que desejamos ter e fazer e situação geral que não permite o exercício libre da vontade nem satisfação emocional ou financeira, podendo suscitar reações com as piores consequências.

Estes aspectos exigem, por isso, não o esforço de controlo da situação mas sim o esforço de controlo das nossas próprias respostas ao que a vida trouxer. A passividade tem hoje melhores resultados que a reactividade e Vénus – que é o dispositor final destas tensões- por estar em Gémeos , em trígono a Marte e sextil a Quiron orienta-nos no sentido de abertura a várias opções devendo ser essa a resposta e não uma resposta única.  Ou seja, é melhor apresentar várias possibilidades do que pensar que somos forçados a ter uma posição única. É na abertura aos outros e ao que tem para nos comunicar que marcamos pontos .

Os desenvolvimentos de hoje relacionados com Vénus em Gémeos são particularmente relevantes porque nos devem fazer estar atentos aos caminhos que abrimos e que vão precisar de ser revistos. É que Vénus está a 5 graus de Gémeos, vai continuar o trânsito por este signo até dia 14 de Maio em que entra retrógrada nos 21 graus para voltar atras até aos 5 graus de Gémeos- o ponto em que se encontra hoje- no dia 26 de Junho e só então voltar a directa para chegar novamente aos 21 graus apenas em finais de Julho. Ou seja, daqui até meados de Maio- Vénus em Gémeos abre-nos muitas possibilidades de relações, investimentos, mas não devemos tomar decisões definitivas e idealmente estamos a partir de hoje a tomar nota das opções para mais facilmente entre Maio e Junho podermos repensar os passos e avançar com mais foco de Junho a Julho. De quanto mais foco, realismo, pesquisa e informação dispormos melhor e é nisso em não em respostas imediatas que devemos apostar.

A reforçar o quadro de que não é tempo de grandes iniciativas temos desde hoje e até à Lua Nova de 23 de Abril quadraturas sucessivas do Sol em Carneiro -e depois em Touro- a Plutão e Júpiter em Capricórnio  e a Saturno em Aquário. A paciência e auto-controlo reduzem tensões e frustração.

Imagem : Comtesse d’Haussonville de Jean Auguste Ingres 1845

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: