Quarta 28/9- Conflitos de poder e dívidas por pagar

Na senda da Lua Nova de Balança de ontem em que a oposição a Urano nos obrigou a pensar o impensavel para aguentar relações em ruptura, hoje o dia é de novo intenso com um quadrado exacto do Sol em Balança a Plutão a Capricórnio. Este aspecto, que já ontem estava activo mas hoje atinge a plenitude, reflecte-se em conflitos de poder, intrigas e questões de dinheiros e valores partilhados. Nas relações pessoais, a agressividade e o cíume dominam o bom senso e o equilíbrio das relações enquanto que nas relações politicas e financeiras, o desejo de controlo e o poder tende a soprepor-se ao justo entendimento entre as partes.

Como Plutão rege a dívida e este aspecto de quadratura ao Sol se opõe ao Sol no céu do Tratato de Roma, é de esperar que os conflitos de poder sobre a forma como resolver a crise das dívidas públicas sejam hoje particularmente potentes, entre os paises membros nomeadamente a Alemanha, a França e a Itália.
Plutão em Capricórnio transita o Fundo do Céu do Tratado de Roma, o que resulta naturamente na restruturação da organização das dívidas e eventualmente na restruturação da organização territorial do Tratado ou dos elementos estruturantes que o compõem. Sendo assim, a quadratura do Sol hoje em Balança pôe na mesa das negociações posições extremas que buscam consenso.
Debate intenso iluminado ainda pela conjunção de Mercúrio ao Sol, Mercúrio que rege a casa IX da jurisprudência dos Tratados e detalhes de acordos vários e que ao fazer também quadrado a Plutão vai trazer revelações e manipulação de informação e levar ao debate a luz e as trevas em confronto no processo de resolução da crise do Euro, cuja circulação também é regida por Mercúrio.

Os aspectos de Vénus hoje em semiquadratura a Quiron trazem á nossa vida pessoal a memória de velhas feridas em que o nosso desejo de fusão nas relações com os outros foi afectado por qualquer desiqulibrio nas relações. Os limites do amor nas relações de amor que tinham mais a ver com as forças do ego do que com a dádiva incondicional levam hoje um pequeno toque de sineta para que possamos redefinir o que estamos prontos para dar e o que queremos receber, para o nosso equilibrio próprio.

Esse toque de Vénus em Balança a Quiron em Peixe tem também consequências do ponto de vista financeiro e das relações políticas já que trará à superficie divídas por saldar e compromissos a cumprir, o que é mesmo o que se está a passar com a crise da zona Euro. Aproveitar as quadraturas do Sol e Mercúrio a Plutão para dar um passo em frente na criação de novas estruturas de relacionamento, seja ele pessoal ou para o colectivo é a melhor forma de assegurar novos compromissos e equilibrio de relações pessoaos ou internacionais.

No horóscopo do governo de Passos Coelho, o Sol avança para uma quadratura ao Plutão natal na sexta feira, prenúncio de actividade política susceptível de levantar as maiores oposições no quadro das transformações estruturais dos Media e Transportes e ainda da questão da dívida em diferentes quadradantes e sectores da organização administrativa do país.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: