Terça, 21/2- Lua Nova em Peixes: fantasia e realidades

Sonhar com um futuro iluminado de romance, justiça social, ideais espirituais ou pura e simplesmente uma intuição de que vai tudo correr bem é a grande ilusão que nos arriscamos hoje a viver com a Lua Nova a 2 graus de Peixes, pelas  22.30 GMT, conjunta não só ao Sol mas também a Neptuno, Quíron e Pallas.

O início deste ciclo lunar tem de facto, em si, pela extraordinária conjunção de planetas e asteróides, a semente de cura ou dissolução, pelo menos temporária das tensões separatistas provocadas pela actual e crescente quadratura de Urano a Plutão que representa o choque entre a liberdade pessoal, politica, financeira e as forças de transformação estrutural que condicionam o colectivo. Apesar de podermos sentir um qualquer alívio e esperança com os acontecimentos que estes aspectos simbolizarem, é preciso não esquecer que o pano de fundo até 2015 é de mudança radical e de tensão individual face às tensões globais. A entrada de Neptuno em Peixes e esta primeira  Lua Nova simbolizam potencialmente uma nova ordem emocional e social e novas representações do “espírito do tempo”  como se pode entender dos ciclos anteriores (ver  os dois artigos fixos sobre Neptuno em Peixes). Um quincúncio de Vénus em Carneiro a Marte em Virgem pede claridade nas interacções e uma avaliação correcta das situações, já que a tendência é deixarmos que os outros tomem conta da situação e que acaba por não nos dar satisfação.

Com esta Lua Nova podemos estar a projectar deixar o passado para trás mas tal não acontece sem alguma fricção. Em simultâneo, um aspecto tenso, um sesquiquadrado de Mercúrio em Peixes a Saturno em Balança obriga-nos a encontrar o ponto médio entre o que sonhamos que possa ser e o que os limites que nos impõe. Ultrapassar esta contrariedade e harmonizar a vontade de acção imediata com a compreensão intuitiva de situações em que outros factores têm de ser tidos em conta, devido ao aspecto entre Mercúrio e Vénus em Carneiro, são as exigências da realidade, a forma de ancorármos toda a idealização. A ajudar este esforço está um semi-sextil exacto da Lua Nova e Sol em Peixes, a Urano em Carneiro. Os primeiros estão no último signo do zodíaco e Urano no primeiro. Significa que vemos com clareza o princípio e o fim do ciclo que se desenrola e onde as nossas energias e as do colectivo se vão agora projectar. Podemos escolher o caminho e não deixar nada pendente. Ou pelo menos sonhar que assim seja…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: