Sábado e Domingo, 3 e 4 /11- A rotina perturbada

Todo o fim de semana é influenciado por dois aspectos principais que tocam o nosso sentimento de segurança doméstico ou nacional e o equilíbrio das nossas relações, pessoais, financeiras ou diplomáticas. É a Lua em Caranguejo  que põe o foco das nossas emoções e instintos na defesa de paz, sossego, família ou tudo a que associamos raízes e Vénus em Balança que defende justiça, relações equilibradas, bem estar e satisfação estética.

A quadratura de ambas, que agora ocorre, sugere tempos agradáveis, a expressão simpática dos afectos, o desejo de proteger quem amamos, sentimentos nostálgicos  e mesmo simples  vontade de comer e beber bem em boa companhia. Tudo isto seria possível sem drama maior não fosse hoje e amanhã, mas particularmente hoje,  ambos os planetas activarem a difícil quadratura de Urano a Plutão- a tal que até 2015- há de individual ou coletivamente colocar-nos em novos paradigmas de vida.

Assim, o fim de semana tira-nos de uma rotina sem história, mesmo que agradável, para nos  surpreender ou lembrar que algo está a mudar, que há transformações dramáticas a ocorrer que não podemos ignorar e das quais somos forçados a participar. A Lua e Vénus em aspectos simultâneos a Urano e Plutão vêm postas em causa a segurança e bem estar que defendem. Não há que resistir, há que estar pronto para aceitar e mesmo promover mudanças estruturais profundas. O nódulo norte em Escorpião é para aí que aponta e Marte em Sagitário aposta em ideias com futuro.   Para ver como se desenrolam este mês os acontecimentos, veja neste blog as previsões para Novembro.

Como comentou outro dia neste blogue Elzirene Dantas, astróloga brasileira,Vênus, confortável em Libra, gostando de se relacionar, de namorar e de casar, já indo para a quadratura com Plutão e uma oposição a Urano, através de uma turbulência, potencializa decisões,viradas de páginas….”  . 

A Lua em oposição a Plutão vem catalizar respostas emocionais compulsivas que temos pressentir para poder responder sem medo às novas situações. Também podemos ser nós próprios a tomar conta do assunto e olhar em frente, quebrar a rotina e fazer algo de diferente, de acordo com o que nos for na alma…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: