Clique aqui para ler a parte 1

De 15 a 30 de Abril- Tudo é posto em causa

Este é um dos períodos mais tensos e intensos do ano. Como pano de fundo temos Plutão que entra retrógrado a 13 graus de Capricórnio no dia 15 o que significa que até Setembro não avançaremos mais com novas s transformações estruturais mas sim teremos de aprofundar ou rever as já decididas. E para que isso aconteça, começamos por ter a 20 de Abril Júpiter a repetir o estrondo do final de Fevereiro  re-activando a quadratura de Urano a Plutão que por seu lado fica exacta a 21 e tem Marte, a 23, a forçar ainda mais as mudanças estruturais profundas por força do re-equilibrio de alianças e poderes.

astro_w2gw_45_carta_do_dia_hp.46720.1594

Ou seja, temos aqui matéria explosiva, transformações profundas, golpes nas relações pessoais e políticas, crises e restruturações financeiras, poderes que caem e se instalam. É de recordar que o horóscopo dos EUA é particularmente afectado por estes aspectos que caem precisamente em cima do seu Sol de casa VIII o que tem grandes implicações não só no que respeita à situação da divida como dos acordos políticos que seguram orçamentos e governo.

A pontuar estes desenvolvimentos da quinzena há dois eclipses. O primeiro é dia 15 de Abril e ocorre a 25 graus de Balança numa Lua Cheia que exacerba a oposição entre o desejo de acção independente e a necessidade de compromissos e um segundo eclipse dia 29 de Abril, desta vez do Sol, numa Lua Nova a 8 graus de Touro que simboliza o arranque de um novo pacote de valores ou definição de situação material dentro do contexto de transformações em curso já que esta Lua nova é praticamente em trígono a Plutão em Capricórnio.

De 1 de Maio a 31 de Julho-  Consequências e respostas

Ainda sob o impacto dos últimos quinze dias de Abril, Maio tem dois tempos relevantes, o primeiro quando Vénus faz conjunção a Urano e quadratura a Marte entre dias 15 e 17 o que implica surpresas, libertações e golpes nas relações pessoais políticas e financeiras, e o segundo quando Marte entra directo dia 22 ao mesmo tempo que o Sol entra em Gémeos o que recoloca o foco na definição de novos equilíbrios nas relações com base na comunicação, contactos e trocas de informação. Estamos novamente cheios de energia e determinação para reformular o peso de cada parte em quaisquer acordos de qualquer natureza mas o que se pretende é discutir a segurança pessoal ou nacional mas Mercúrio em Caranguejo entra retrógrado dia 8 de Junho, mais ou menos em simultâneo com a retrogradação de Neptuno em Peixes e temos de rever não só as nossas posições e necessidades básicas como os ideais que nos guiam.

A partir de 2 de Julho Mercúrio entra novamente directo e é mais fácil pôr tudo na mesa e prepararmo-nos para novamente começarmos a negociar compromissos com a ajuda de Saturno que entra directo dia 21 de Julho e nos obriga a estruturar bens e poderes conjuntos ao mesmo tempo que Urano entra retrógrado e reduz o ímpeto de acção radical e da iniciativa unilateral. Já não estamos tão centrados na defesa da segurança pessoal ou nacional e estamos prontos sim a avançar com soluções criativas devido a entrada de Júpiter em Leão. É importante ser importante, o entusiasmo, talento, inspiração e dignidade torna-se o motor de expansão mas tudo tem um lado sombra e o excesso de confiança, pretensão e orgulho pode estragar o que poderia ser uma saudável atitude positiva. Cuidado também com a especulação financeira. Julho termina com mais uma estocada no processo de crise e transformação com Vénus em Caranguejo de 27 a 31 em oposição a Plutão e quadratura a Urano, a resposta ao que se passou no final de Janeiro que que tivemos de reformular valores e relações. Neste mesmo dia 27 Marte sai da sua longa estadia em Balança e entra em Escorpião. Acabou-se o esforço de reequilibrar relações, agora há mesmo que transformar, destruir e reconstruir a matéria partilhada, vidas, dívidas, poderes e os processos de morte e renascimento a que todos somos submetidos.

1 de Agosto a 23 de Setembro- Os limites a respeitar

Clique aqui para ler a parte 3

Anúncios