Música, filme, arte, alcool, drogas, fé, fantasias, ilusão amorosa, transcendência, tudo o que nos altere a consciência, em queda ou elevação é fonte de desejo hoje com a Lua em trânsito em Peixes  onde se funde primeiro com Mercúrio e Neptuno e, pela noite, com Quíron, todos de passagem nesse signo onde se dissolvem as realidades. Os sentimentos estão à flor da pele, somos esponjas do que nos rodeia e os limites difíceis de perceber ou pôr em prática. Numa sequência, a Lua começa por se unir a Mercúrio para falarmos do que nos move e de seguida faz conjunção a Neptuno exacerbando criatividade, sentimentos, sensações, intuições e encantamentos enquanto o paralelo de Mercúrio a Neptuno alinha a razão com o espírito e o idealismo se torna o motor de qualquer actividade ou comunicação. Quando, pelo final do dia, GMT, a Lua se encontra com Quíron, uma qualquer provocação leva-nos a ter de reavaliar feridas antigas mas o trígono da Lua a Júpiter em Caranguejo garante que o dói tem cura e tudo de bom se torna novamente possível.

astro_w2gw_45_carta_do_dia_hp.56784.21610