Há muito a acontecer e podemos não estar a ver bem nem as consequências nem as origens, mas isso também não parece importar já que a chave de hoje é o amor, empatia, a ligação emocional ou artística que nos une a tudo e a todos. O conjunção do Sol a Neptuno em Peixes é a pastilha cor-de-rosa que vem embrulhada com um semi-sextil de Vénus e Marte em Carneiro- queremos mesmo o sonho, os ideais, a criatividade, encantamento. E há tanto por onde escolher…. a Lua em Gémeos em trígono a Mercúrio em Aquário abre-nos múltiplas portas, contactos e exposição a mundos e fantasias diferentes onde nos queremos perder para aí nos encontrarmos a um qualquer nível mais profundo que sare as insatisfações de Quíron em Peixes, a dor de não pertencer a algo maior. A cereja no bolo é o grande trígono de Ar em que o Nódulo Norte em Balança está em aspecto à Lua e a Mercúrio: desse sonho e abertura resulta o estabelecimento de relações pessoais, amorosas, financeiras, rumo à mudança de estruturas de vida forçada pela quadratura de Urano a Plutão. Podemos idealizar, podemos expôr com ordem os nossos projectos graças ao trígono de Vénus e Marte a Saturno, vemos os dos outros, abrem-se horizontes com a Lua em Gémeos em sextil a Urano e a Júpiter e todos ganham, no futuro, com isso, com Vénus regente do Nódulo Norte em Balança num trígono de Fogo a Júpiter e Saturno.

A tela é do artista do realismo mágico contemporâneo chileno Juan Martínez Bengoechea .

astro_w2gw_125_carta_do_dia.55212.44434

Anúncios