Repensar relações e acordos enquanto se definem limites e responsabilidades não implica estar quieto. Temos hoje a possibilidade de começar a abrir caminho graças a um semi-sextil do Sol em Virgem a Marte em Leão, depois de Mercúrio ter entrado retrógrado em Balança –  forçando a reavaliação de entendimentos-  e do ingresso de Saturno em Sagitário – que obriga à definição das regras do jogo.  Júpiter e Neptuno continuam em oposição, ambos tecnicamente em quadratura a Saturno. Sonhar ou aspirar à concretização de ideais só se torna possível com grande trabalho e dedicação, depois de peneirado o que é fantasia e o que é possível. O sentido prático, a eficiência, o objectivo de fazer o melhor com a melhor gestão são as únicas saídas para não nos sentirmos frustrados.  Nesta sexta-feira, a Lua ainda em Escorpião em sextil ao Sol em Virgem corrobora o aspecto do Sol a Marte e dá o ânimo para se ir ao fundo da questões que necessitam acção transformadora.

A tela é do norueguês Erik Werenskiold, chama-se “Setembro”.
astro_w2gw_66_carta_do_dia.68082.56182

 

Erik_Werenskiold_-_September_-_Google_Art_Project

 

Anúncios