Prometer mais do que se pode dar é o grande risco do dia enquanto o grande bónus é o de podermos fazer as coisas acontecer, com energia, trabalho, capacidade de expansão e vontade de melhorar as condições. O desejo de fazer algo diferente, inovar, apostar numa nova linha de pensamento, ideais e estar convencido que é essa é a verdade a defender vem do trígono da Lua em Sagitário a Urano em Carneiro. Em simultâneo, Marte e Júpiter terminam uma semana de aproximação e estão finalmente conjuntos em Virgem, em trígono a Plutão em Capricórnio, o que garante a tal capacidade de mover montanhas, realizar, transformar. Mas a Lua faz quadratura a Marte e Júpiter pelo meio dia GMT e esse é o momento em que o risco de nos esticarmos nos propósitos é maior. Dominar ou manter em cheque o entusiasmo para que o potencial de energia do dia não seja desperdiçado exige atenção e auto controlo. Saturno em Sagitário em quadratura a Vénus em Virgem ajuda a limitar as tendências ou apetites enquanto o quincúncio de Júpiter em Marte a Urano também obriga a rever posições exageradas. Em resumo, um sábado em que tudo pode acontecer, em que podemos agir e em que os resultados serão tanto melhores quanto mais adequação houver entre os meios e os objectivos.

astro_w2gw_66_carta_do_dia.60448.39592

Lillicrap, G., Mrs; (c) Royal Institution of Cornwall; Supplied by The Public Catalogue Foundation
Lillicrap, G., Mrs; (c) Royal Institution of Cornwall; Supplied by The Public Catalogue Foundation

 

Anúncios