É através da comunicação, diálogos ou informações,  que hoje se fazem e desfazem posições, vontades ou preocupações sendo que o que mais desejamos é começar algo de novo com bases sólidas e bem pensadas. O que vamos ter de ouvir ou dizemos é revelador em primeiro lugar da dependência que temos do outro/ outros e, em segundo, da dependência do nosso próprio instinto que quer sarar feridas de forma a que não nos sintamos divididos ou carentes. São essas influências potencialmente contraditórias e perturbadoras que temos de articular com Mercúrio em Balança em oposição a Urano em Carneiro e quincúncio a Quíron em Peixes. Vénus, regente da Balança onde está Mercúrio e o Nódulo Norte está hoje em conjunção exacta a Júpiter, o que significa normalmente a abertura de um ciclo de amor, abundância, tudo o que dê prazer aos sentidos. No entanto, o facto desta conjunção ter lugar em Virgem, regida por Mercúrio, faz com que o maior prazer seja o que podermos fazer em prol dos outros e do bom e equilibrado funcionamento das relações. A Lua entra em Carneiro onde pede inovação, acção, mas o trígono a Saturno em Sagitário corta o lado mais intempestivo e garante iniciativas no respeito de um quadro geral estruturado e estruturante dos princípios a seguir. É Júpiter que rege o Sagitário e este é mais um sinal do empenho possível hoje em sermos de utilidade ao serviço dos outros com a conjunção a Vénus em Virgem. Tudo isto aponta que as coisas estão a mudar e que a vontade de viver melhor conforme os ideais faz caminho graças ao Sol em Escorpião a aproximar-se de um trígono a Neptuno em Peixes. Uma Lua Cheia na próxima terça feira vai iluminar melhor todo este processo de transformação.

astro_w2gw_66_carta_do_dia.34596.50290

1877-Leibl.Dorfpolitiker

Anúncios