Desejamos agradar a todos mas não é possível, nem deve ser esse o objectivo. A primeira atenção a ter este sábado é refrear divagações e protegermo-nos do excesso de empatia com a Lua em Peixes conjunta a Quíron a querer salvar o mundo mas em oposição a Vénus, Júpiter e Marte em Virgem o que revela, no detalhe, como fomos longe de mais e acaba por haver conflito de interesses. O quincúncio de Marte e a oposição de Mercúrio a Urano em Carneiro são os outros aspectos a que há que estar atento para não reagirmos de forma irrefletida ou brusca às dificuldades do diálogo. Em resumo, um sábado em que preferíamos não ter que tomar decisões e em que corremos de risco de as tomar sem pensar bem nas consequências. O Sol em Escorpião torna tudo mais intenso, principalmente a energia vital de mudança e controlo das situações mas o sextil de Saturno ao Nódulo Norte indica que há que respeitar ou estruturar compromissos e pensar a longo prazo. Contenção e estratégia são as chaves do dia.

astro_w2gw_66_carta_do_dia.34585.50038

his_girl_friday_3

Anúncios