Uma Lua Cheia é sempre um indicador de que se chegou a um extremo de luz, de esclarecimento sobre uma qualquer situação. Hoje, a Lua em Touro oposta ao Sol em Escorpião revela os receios que temos face a mudança, o que falta para se poder mudar, a matéria que tem de ser transformada, a aposta numa nova dinâmica, mesmo sem sabermos bem com que bases se vai desenvolver. Regida por Vénus, por estar em Touro e porque Vénus rege também Mercúrio em trânsito e o Nódulo Norte, esta Lua Cheia indicia o que nas relações a dois, nos acordos entre partes, na busca de novos equilíbrios, tem de ser trabalhado, com dedicação, vontade e abertura de horizontes- isto porque Vénus em trânsito está em Virgem, conjunta a Júpiter e Marte. Pretende-se com esta clarificação ultrapassar velhas carências e ir mais longe, mais fundo, para resolver a insatisfação de que não demos nem nos dão tudo por tudo. Em quincúncio a Urano, Vénus não permite soluções conservadoras e exige o confronto com as dificuldades e a sua resolução libertando-nos de dependências, tradições, alianças bloqueadoras. Há que ouvir o instinto e pensar quais os princípios que devem estruturar as acções futuras- o quincúncio da Lua Cheia a Saturno em Sagitário diz-nos que as bases têm de ser outras e é nisso que temos de conscientemente trabalhar. Seja no que comemos, como ganhamos a vida, como poupamos, nas garantias que exigimos nas relações, nas contas, na qualidade do que nos rodeia e de que dependemos, temos com esta Lua Cheia pôr os pés na Terra de outra forma, procurar novas fundações para melhorar o que temos ou queremos vir a ter, tudo com calma porque o Touro não tem pressas…

astro_w2gw_66_carta_do_dia.69253.3564

full-moon-yellow

Anúncios