O mais importante hoje é procurar entendimentos e equilíbrios nas relações, nas contas, na justiça e até na estética, mas há sobressaltos a encarar.  Estamos a dois dias de uma importante Lua Nova de regeneração, transformação, redefinição de interdependências e até lá temos dois tempos: hoje em que a Lua ainda está em Balança e procuramos equilibrar as partes envolvidas e de amanhã até à Lua Nova – dia 11 pelas 17.40 GMT – em que a Lua já está em Escorpião e o controlo da situação se torna mais importante do que a negociação de acordos.  A semana começa assim com os últimos preparativos para o novo ciclo lunar que começa quarta feira em que o Sol e Lua conjuntos em Escorpião vão carregar de intensidade todas as reviravoltas de vida pessoal e colectiva em que é preciso deixar para trás situações e dominar  o processo de transformação. Só que uma vez mais não se pode fazer nada sózinho e a entrada de Vénus em Balança hoje mantem o foco na importância de alianças, acordos, parcerias, a procura no outro do espelho dos nossos afectos, valores, dedicação.  Apenas o quincúncio crescente do Sol a Urano anuncia já fricção para levarmos por diante planos de renascimento, regeneração, restruturação, enfim, o renascer das cinzas que só se faz à custa de túmulos mas que exige em simultâneo diplomacia e empatia.

1780615_684824181561409_924112210_nastro_w2gw_28_carta_do_dia.64350.16134

Anúncios