O sentido prático e a vontade de vencer dominam o dia. Estamos em vésperas de Lua Nova que já hoje está em Escorpião num belo trígono a Neptuno em Peixes o que inspira o desejo de tomar conta dos acontecimentos e fazer as mudanças necessárias para um novo ciclo de controlo, poder ou regeneração das emoções quando a Lua se encontrar com o Sol, amanhã na Lua Nova de Escorpião. Enquanto a Lua no signo da morte e renascimento nos leva ao fundo da questões para descartar o que não interessa e garantir que temos o controlo da situação, Marte em Virgem e Plutão em Capricórnio, seus regentes dizem-nos que é na fora como organizamos detalhes e estruturas que está a chave do sucesso. Com Saturno em Sagitário e Júpiter em Virgem, há que definir princípios que melhorem essa organização do que nos serve e que servimos. O sextil de Júpiter ao Sol e Mercúrio hoje e amanha também à Lua Nova é o motor de iniciativas, de entusiasmo e de planos de expansão enquanto Vénus em Balança diz que não o podemos fazer sózinhos e há que estabelecer parcerias e acertar contas. Mas a grande chave do dia que condiciona a Lua Nova de amanhã e será o fio condutor dos comportamentos até meados de 2017 é a entrada do Nódulo Norte em Virgem. Depois de estar nos últimos anos em Balança a pedir acordos, alianças, equilíbrios, coligações,justiça, casamento e sociedades, agora que está em Virgem pede sentido crítico, pragmatismo e a razão a sobrepor-se à necessidade de relações, doa a quem doer….

A imagem é um detalhe da tela ” O jardim das delícias ” de Jerónimo Bosch
astro_w2gw_28_carta_do_dia.64386.18122

bosch_hieronymus_-_the_garden_of_earthly_delights_central_panel_-_detail-_raven

 

Anúncios