Criar as condições para mudar de vida, de dependências, de poder e com isso perder ou ganhar mas sempre em parceria e sempre com o desejo de ser útil, servir a si próprio e aos outros, cuidar da saúde, seguir um regime, uma prática, um ensinamento, ter uma organização útil, eficaz que traga bons proveitos e permita fazer transformações de fundo nas estruturas em que nos apoiamos é o que se pode fazer na Lua Nova de hoje em Escorpião, conjunta ao Sol e a Mercúrio, sextil a Júpiter em Virgem, semi-sextil a Plutão em Capricórnio e trígono a Quíron em Peixes. De facto, esta Lua Nova é uma excelente oportunidade de criar as condições para um futuro diferente, pessoal ou colectivo que sare velhas feridas de aceitação ou carências gerais- o trígono a Quíron- e em que as tensões causadas pelos ímpetos individualistas ou separadores – um quincúncio a Urano em Carneiro -sejam resolvidas em prol da criação de bases de entendimento e equilíbrio das partes com base na definição de princípios a seguir e a servir- Vénus em Balança em sextil a Saturno em Sagitário, regido por Júpiter em Virgem. Com Mercúrio conjunto a esta Lua Nova, as conversas são o mais importante e constituem a base da mudança que se pretende. É preciso dizer a verdade, ir ao fundo das questões e debater intensamente como renascer das cinzas. Mas o quadro geral é um quadro de oportunidades e desde que não haja fantasias- Saturno quadrado a Neptuno,- tudo o que semearmos pode dar fruto- só é preciso não esquecer que quem semear ventos pode colher tempestades… O sentido crítico, a capacidade prática, a razão ao serviço da organização é o motor de tudo e de todos- mas é preciso não perder o sentido lato porque só se olha para o detalhe. O Nódulo Norte entrou em Virgem onde fica até 2017 e será o pragmatismo que vai reger as opções. No Lua cheia de 25 de Novembro, com o Sol em Sagitário conjunto a Saturno e a Lua em Gémeos em oposição, não haverá grandes margens de manobra –  devemos preparar desde esta Lua Nova regras práticas que consolidem princípios e limitem indecisões em todos os processos de regeneração pessoal ou colectiva que hoje arrancam.
astro_w2gw_28_carta_do_dia.64411.19764

saturn1_1574516c

Anúncios