Tal como ontem a chave do dia está na busca de um espelho das nossas emoções em grupos que apoiem o nosso sentido de vida, por menos convencional que possa parecer. Causas únicas, ideias de futuro, objectivos de inovação que sirvam o colectivo são o apelo desta quarta-feira com a Lua em Aquário em trígono a Vénus em Balança e sextil a Urano em Carneiro. Mas apesar do apelo para se ir mais longe na busca de soluções colectivas, estas só têm hipótese de vingar com um grande controlo das fantasias ou dos impulsos de ruptura- isto porque Saturno está em Sagitário em quadratura a Neptuno em Peixes que por seu lado está em quincúncio a Júpiter em Virgem.  Acima de tudo há que evitar jogos de poder ou ilusões de que podemos controlar o desenrolar dos acontecimentos. Vénus em Balança avança até ao final da semana para uma quadratura a Plutão em Capricórnio e temos de estar prontos para abandonar certezas nas relações, apoios alianças. O equilíbrio entre pessoas, sociedades, contas, justiças está em vias de mudar mas os resultados não são, para já, controláveis, apenas os princípios condutores.

A tela é do polaco Antoni Pietrowski 1853–1924

astro_w2gw_28_carta_do_dia.61998.36965

Antoni-Piotrowski-Oil-Painting1

Anúncios