O grande desafio do dia é mantermos o discernimento para separar o que é importante e tem de ser estruturado do que é apenas desejo, ilusão, ideologia ou projecção. É o futuro, o longo prazo que está em causa e é natural haja flutuações de humor, dúvidas, confrontos que há que processar com cabeça fria. Sonhámos tanto que as coisas fossem de uma determinada maneira, ou idealizamos tanto outros cenários que agora os limites e responsabilidades parecem brutais, estimulam a desconfiança e perturbam o escapismo. Estamos num momento chave do ponto de vista astrológico, a primeira de uma série de quadraturas entre Saturno em Sagitário e Neptuno em Peixes, que, até ao final de 2016 nos vão obrigar como sociedade global a novas posturas ideológica com considerações pragmáticas quanto a religião, fundamentalismos, ideologias e as regras da expansão económica. Os ciclos começam com conjunções e a última conjunção de Saturno e Neptuno deu-se em Capricórnio exactamente em Novembro de 1989, quando caiu o muro de Berlim, o comunismo chegou ao fim na Europa de Leste que se abriu à União Europeia procurando o crescimento económico no modelo capitalista, e na Rússia Gorbachov passou a permitir a liberdade religiosa. Agora estamos a viver a primeira quadratura ou tensão de ajustamento ao ciclo que se abriu  nessa altura quando em 1989, Saturno regente do Capricórnio tocou o mesmo grau de  Neptuno, a pedir novas estruturas  políticas, económicas com base em nova ideologia, pondo fim às ideologias existentes que já não tinham forma de evoluir. Nesta quadratura actual,  as economias europeias estão em praticamente em recessão e a liberdade bancária tem de ser regulada com Saturno em Sagitário, a postura da Rússia é razão de conflito internacional assim como tudo o que está associado à expansão do fundamentalismo islâmico, numa ilustração da quadratura a Neptuno etc… são muitos os exemplos a ilustrar o momento e o ponto do ciclo enquanto a nível pessoal temos também de pensar a longo prazo qual é a verdade que queremos defender, sem fantasias e com o pragmatismo e sentido de dedicação e serviço que Júpiter regente do Sagitário em trânsito em Virgem juntamente com o Nódulo Norte exigem. Em Portugal, será interessante ver a evolução do Partido Comunista desde hoje- em que viabiliza um governo de esquerda – e ao longo das próximas quadraturas em 2016 que trarão necessáriamente uma flexibilização pragmática ou ruptura de posições ideológicas que desde a quadratura de 1989 foram postas em causa. Saturno é o senhor do Tempo e o que hoje for ajustado será firmado pelo Sol na próxima segunda feira conjunto a Saturno.

astro_w2gw_28_carta_do_dia.56986.25529

1001121_689183597792134_1467636420_n

Anúncios