Ser eficaz, tomar as medidas adequadas, não ter negligenciado aspecto algum, depende hoje da capacidade de adequar os factos ao discurso, os dados do problema à ideia que temos das coisas- e pode haver alguma tensão nisso com a Lua em Virgem, conjunta a Júpiter e ao Nódulo Norte, quadrada a Mercúrio, seu regente, em trânsito no Sagitário. O melhor por isso é não defender precipitadamente posições já que o pano de fundo de Saturno quadrado a Neptuno também não permite fantasias nem desvios e a aproximação da quadratura de Marte a Plutão e oposição a Urano é promessa de acção e transformação na próxima semana para as quais temos de estar o mais bem preparados possível. Vénus está a chegar ao fim da sua travessia de Balança onde nos tem feito preferir a paz à guerra, mas a partir de amanhã dia 5, Vénus entra em Escorpião,como que a antecipar a radicalização que se avizinha. Com Venús no signo por Marte e Plutão que se defrontam , preferimos claramente a guerra à paz e para isso é preciso estar preparado… Se estamos a lutar for uma boa causa será mais fácil de entender – ou de justificar- quando Vénus fizer trígono a Neptuno em meados da próxima semana.

astro_w2gw_28_carta_do_dia.66409.5406

Z-1

Anúncios