A tendência de hoje é a de procuramos apoio no exterior, sem no entanto contarmos muito com respostas emocionais.  Há que medir riscos e torna-se mesmo possível ter debate acesos e profundos sem sofrer com a resposta porque mantemos sentimentos e preferências bem sob controlo. Deve-se isto à presença da Lua em Aquário que nos vira para o mundo em busca de ecos e novidades, em quadratura a Marte em Escorpião trígono a Neptuno em Peixes, estimulo de disputa entre o religioso e o profano, sextil a Saturno e Vénus conjuntos em Sagitário, oportunidade de demonstrar como temos os entusiasmos sob controlo, mesmo quando agimos de forma menos convencional, com Vénus a avançar para um trígono a Urano em Carneiro. A semana arranca depois de uma Lua Nova que pede uma nova ordem, contenção e desde hoje, o desejo de termos impacto para além do círculo imediato, com base no trabalho dedicado e bom serviço do trígono do Sol em Capricórnio a Júpiter e Nódulo Norte em Virgem. Não nos podemos precipitar e há que rever as bases em que tudo assenta até dia 26 quando Mercúrio deixar de estar retrógrado.

astro_w2gw_28_carta_do_dia.78697.32426

tumblr_kobrxi0hNP1qzg0l7o1_400

Anúncios