Mais um dia de dedo na ferida mas conseguimos equilibrar a situação graças à capacidade de pensar a longo prazo e identificar os valores que queremos defender, seja nas relações amorosas seja nas relações financeiras. A Lua em Balança activa a quadratura de Urano a Plutão e a justiça entre o ter e o haver é posta em causa, a dois, na política ou nos negócios. Em simultâneo, Vénus que rege a Balança e o Touro onde está o Sol, faz ainda quadratura a Plutão o que altera as relações de poder pessoal e financeiro mas também um trígono a Saturno que permite que se mantenha uma certa ordem, apesar de as regras terem de ser revistas com Saturno retrógrado. Mercúrio em Touro em trígono ao Nódulo Norte ajuda a que se façam as contas ao pormenor enquanto o quincúncio de Urano ao Nódulo anuncia dificuldades se quisermos romper sem pensar nos pormenores a resolver. A chave está em aceitar que há mudanças em curso que têm de ser pensadas, trabalhadas, calculadas e levadas a cabo num calendário a médio prazo.

A tela é de Caravaggio 1571-1610

astro_w2gw_28_carta_do_dia.66782.26230

Anúncios