A semana arranca com um desejo de acção exacerbado. Começar de novo, tomar iniciativas, fazer acontecer, são os motores da Lua em Carneiro mas a sua quadratura a Sol e Venus em Caranguejo acentua a contradição entre o ímpeto de agir e a segurança a que queremos estar ancorados e que idealizamos com um trígono de Venus a Neptuno em Peixes. No entanto, não é possível sonhar, é preciso sim ter um grande realismo, afinar bem as ideias que queremos pôr em prática a longo prazo e tentar agir apenas nesse sentido, sem desvios, com Saturno em quadratura a Neptuno a cortar as fantasias e a Lua em trígono a Saturno a estabilizar as iniciativas lá para a tarde. Mas é preciso pensar diferente, encontrar soluções novas para as tensões existentes e para isso podemos contar com o quintil criativo de Urano ao Sol e sextil a Mercúrio. Com Marte ainda retrógrado em Escorpião até ao último dia do mês temos de continuar a rever poderes e partilhas.  Hoje é dia de lançar hipóteses ao ar –  se são boas, veremos já amanhã quando a Lua activar a quadratura de Urano a Plutão. São dias intensos em que a flexibilidade é chave.

astro_w2gw_28_carta_do_dia.66691.19347

Anúncios