Hoje é dia de Lua Nova, Eclipse do Sol em Virgem,  tempo de abandonar fantasias sobre si próprio, como trabalhamos, o que nos move. Um novo ciclo tem de arrancar aqui e é grande a exigência de rigor, integridade, clareza sobre propósitos atitudes e gestão da energia com o eclipse em conjunção ao Nódulo Norte, oposto a Neptuno em Peixes em quadratura a Saturno em Sagitário. Tanto Mercúrio, regente do Eclipse, como Júpiter, regente de Sagitário e Peixes estão no signo da Virgem, estando Mercúrio retrógrado. Assim, a forma como comunicamos, como queremos cuidar de nós próprios, das coisas, dos outros,  tem de  representar a verdade, a realidade, a direcção futura que pretendemos seguir, deixando para trás escapismos, ilusões, vitimização ou quaisquer estados alterados de consciência. Há limites, restrições, responsabilidades que têm de ser assumidas representadas por Saturno e a quadratura ao eclipse, Nódulo e Neptuno é sinal da dificuldade e custos envolvidos. São temas antigos que estão sob revisão sob a retrogradação de Mercúrio e exigem mudanças estruturais profundas com Plutão em Capricórnio. Mas também este está retrógrado até ao fim do mês e até lá muitos aspectos planetários vão pontuar a evolução do que hoje temos de pôr em marcha, custe o que custar. Em finais de Fevereiro haverá o eclipse resposta ao de hoje, em Peixes. Serão meses de desenvolvimento da seriedade emocional.  Mais previsões para Setembro AQUI.

Ilustração de  Bayard and Neuville no livro ” À volta da Lua” de Júlio VerneEclipse_sol_1:9

 

Anúncios