Abrem-se portas, expandem-se horizontes, estabilizam-se ideias, estamos quase a poder assumir novos controlos ou fazer alterações nas estruturas de que dependemos ou em que interagimos. O mais importante é não exagerar, dramatizar,  ou deixar que o orgulho ou egocentrismo iluda o verdadeiro potencial das situações. Sol e Júpiter juntos em Balança em semi-sextil a Vénus seu regente em Escorpião assinalam um dia cheio de contactos e acordos alimentados por sentimentos passionais que estão em vésperas de se transformar em afirmações de poder quando Marte esta semana entrar em Capricórnio a caminho de tudo radicalizar no encontro com Plutão na Lua Cheia de 16 de Outubro próximo. A Lua está em Leão, estimula chamadas de atenção mas um trígono a Saturno em Sagitário tende a estabilizar ou justificar a longo prazo as reações excessivas assim como a cortar as ilusões de um trígono a Neptuno. Há que pesar bem as consequências antes de estabelecer novas bases de relacionamento na Lua Nova de Balança, no final desta semana, sábado dia 1. Também Plutão já está estacionário, entra directo amanhã para começar a avançar na Lua Nova de Sábado. Temos até lá que nos focar em quem queremos como parceiros e como estabelecer relações equilibradas que sejam alianças sólidas para poder ir à luta ou conquistar novos poderes na Lua Cheia seguinte.

Desenho de Nancy Spero
astro_w2gw_28_carta_do_dia-68067-7252

 

Anúncios