De manhã podemos ainda esperar que aconteça, que venha do céu a resposta ou deixarmo-nos satisfazer apenas com sonhos e sensibilidade mas, pela tarde, o desejo ou necessidade de tornarmos iniciativas torna-se urgente com a passagem da Lua de Peixes para Carneiro. Não só passamos a impulsionar a acção como o fazemos conscientes do impacto estrutural que isso pode ter, com Marte regente do Carneiro, em trânsito em Capricórnio. É esta pulsão para agir que vai estar na origem do extremar de posições ou rebeldia, no domingo, quando a Lua ficar Cheia em Carneiro oposta ao Sol em Balança, depois de fazer horas antes quadratura a Plutão e no momento conjunção a Urano. Há posições de fundo que estão a mudar, escolhas de princípios regentes a redefinir e resultados práticos a ter que ter em consideração, com Saturno em Sagitário em quadratura ao Nódulo Norte em Virgem. O seu sextil a Mercúrio em Balança recomenda seriedade no diálogo e na análise da justiça de posições enquanto o quincúncio do Sol também em Balança a Quíron em Peixes vem lembrar que aquilo que mais precisamos que os outros nos dêem é no fundo aquilo que mais devemos dar.
astro_w2gw_28_carta_do_dia-51676-23535

 

Anúncios