Na véspera de uma Lua Cheia crítica, temos já hoje um dia de encontros e desencontros em que as expectativas sobre as relações são sujeitas a ajustamento súbitos, seja porque somos surpreendidos pelas reações alheias, seja porque nós próprio agimos sob impulsos cujo resultado nos surpreende também…Nas relações a dois, na diplomacia, política, acordos financeiros ou jurídicos, há pressões que exigem perceber sobre o que nos é francamente fundamental garantir e do que somos capazes de abrir mão. A honestidade é fundamental neste trânsito de hoje do Sol em Balança em oposição a Urano em Carneiro, antes da Lua Cheia que emocionalmente nos confronta com esse re-equilibrio entre as partes envolvidas numa negociação ou relação formal, qualquer que seja a sua natureza. Continuamos sob a restrição da quadratura de Saturno em Sagitário ao Nódulo Norte em Virgem que aconselha o pragmatismo e a consideração dos impactos a longo prazo em detrimento de uma visão rosa do que possa vir a ser e temos também hoje e amanhã Mercúrio em Balança em quadratura a Marte e Plutão em Capricórnio mas em sextil a Saturno: há questões de fundo que têm de abordadas custe o que custar, há uma nova lógica que é preciso desenvolver. Não podemos recear a nossa própria capacidade de provocar transformações estruturais nos relacionamentos. A força existe, a necessidade também, o resultado depende do sentido prático e da verdade com que pegamos no problema. astro_w2gw_28_carta_do_dia-51699-24279

 

Anúncios