Durante todo o fim-de-semana não nos livramos da tensão entre velha e nova ordem, desordem, arrumação, organização de contas e bens comuns com uma só solução: a do pragmatismo e flexibilidade. A Lua está em Capricórnio até domingo à tarde onde faz conjunção a Plutão e quadratura a Urano no sábado e conjunção a Marte no domingo de manhã, aspectos difíceis que estimulam reacções compulsivas em que nos defendemos do que supostos serem ataques à ordem ou poder que queremos garantir. Mas os tempos são de mudança, sempre em mudança e aprofundamento com Sol e Mercúrio em Escorpião e Saturno em Sagitário com Vénus ainda conjunta a pedir contenção e planeamento razoável a pensar no  que queremos das relações pessoais ou financeiras a longo prazo. O Nódulo Norte em Virgem regido por Mercúrio é a tal chave para a resolução das tensões através de mudanças práticas com atenção à forma como nos exprimimos devido ao quincúncio a Urano que também todo o fim-de-semana exaspera os diálogos com impaciências e faltas de atenção. Em resumo, dois dias para fazer muito em prol de uma organização futura de bens e relações mas em é preciso que a  ambição de vencer não se torne um tiro no pé.
astro_w2gw_28_carta_do_dia-58413-45626

astro_w2gw_28_carta_do_dia-58435-46745

Anúncios