O tema do fim de semana é o da conciliação da expressão de quem somos com a forma como nos afirmamos ao mundo. Isto tanto se aplica a cada um como indivíduo como à expressão colectiva de países ou grupos. A Lua em Leão está carente de palco, impele-nos a ser o centro das atenções, pede olhos, ouvidos e aplauso mas opõe-se no sábado a Marte em Aquário o que cria tensão devido à agressividade com que se podem projectar as forças do Ego, apoiadas por ideias, regras e princípios dados pelo trígono a Mercúrio e a Saturno em Sagitário e com toda a independência sem olhar atrás estimulada pelo trígono a Urano em Carneiro no Domingo. É por isso um bom fim-de-semana para mostrar quem somos, como pensamos, de que somos capazes. O risco é o excesso de arrogância ou ausência de dúvidas que podem derivar destes aspectos e a total ilusão e falta de ideais de serviço ou sentido prático que vêm com Neptuno conjunto ao Nódulo Sul em Peixes. No fundo estamos e o mundo está a posicionar-se para, no decorrer na próxima semana, revermos com o que podemos ou não contar.
astro_w2gw_28_carta_do_dia-62914-24003

astro_w2gw_28_carta_do_dia-62930-24486

 

Anúncios