Por Clara Days:
Palavras-chave: conformidade; ideologia; moral; identificação.
Este Arcano Maior foi tradicionalmente chamada O Papa, no Tarot europeu, e muita gente ainda o identifica desse modo. Há quem lhe chame o Sumo Sacerdote. Recentemente, na procura de um alargamento de significado e de uma postura mais abrangente, passou a ser designado como Hierofante, a partir do grande sacerdote que presidia ao culto de Elêusis, na antiga Grécia. Hierophantes (em grego antigo εροφάντης) significa “aquele que explica as coisas sagradas”.
Ele apela ao nosso sentido de pertença, também ao de integração na conformidade. É a protecção da ideologia e da moral, que ao mesmo tempo nos abrigam e contêm. É o Mestre Iluminado que guia e orienta, propondo-nos a regra segundo a qual agir. Pode ser também o desejo de conhecer mais, de aprofundar o nosso conhecimento dessa regra, ou de procurarmos em nós essa iluminação.
Há sempre a referência implícita a uma comunidade, quando nos aparece o Hierofante. Pode ser a nossa comunidade de origem, aquela onde crescemos, pode ser a que escolhemos ou a que queremos fundar – mas o conjunto de princípios e valores são partilhados, são para todos os que ela abrange.
A energia que esta carta transporta é sempre serena e firme. Trata-se de um intermediário entre o ser humano e a divindade, a ponte que nos liga a uma realidade mais elevada ou paralela, que cada um saberá entender ao seu jeito, de acordo com a sua convicção. Há aqui latente um sentido de dever e de serviço, o nosso contributo para a harmonia do grupo.
As representações gráficas das cartas apresentam figuras de hierarquia religiosa, variando nas culturas ou religiões aludidas. Na maioria dos baralhos, o aspecto visual do Papa católico predomina. O uso de manto, de bastão, de coroa ou chapéu ritual, o trono, representam o seu poder. Por vezes tem na mão uma chave, a dos segredos, ou um livro sagrado. A postura é de autoridade ou paternalismo. Alguns baralhos associam-no a palavras como Tradição, Fé ou Reverência. Noutras soluções, em representações mais eclécticas,ele é também sacerdote, mas as vestes e símbolos do seu poder adequam-se aos diferentes credos e suas regras. O traço comum é a pose protectora mas de comando, dedo em riste, elevando-se ou assumindo uma atitude poderosa, num estatuto superior, sempre que se representam outras personagens. É ainda frequente a presença dos animais de poder que representam os quatro elementos (touro, leão águia, anjo).
Astrologicamente, o Hierofante está associado ao signo de Touro, fixo, estável, ligado à Terra e à posse material. Corresponde à letra hebraica VAV, o gancho que conecta os pilares da criação. O seu título esotérico: “O Mestre Triunfante”.
Esta semana a nossa relação com o grupo de pertença vai pedir uma atitude ponderada e em que o que nos une aos outros se sobrepõe ao que nos separa. Há um sentimento íntimo de confiança que nos dá sentido aos actos e nos prepara para enfrentar o que possa vir. Sejamos tolerantes e procuremos a sintonia. Busquemos em nós a luz, o Mestre interior.
Imagem: Tarot de Crowley (desenho de Lady Frieda Harris)
Clara Days

Anúncios