Mantem-se no fim-de-semana a intensidade emocional de quinta e sexta feira com a diferença de que é mais fácil falar dos assuntos o que permite a mudança de perspectiva racional e regeneração de sentimentos. Com a Lua em Escorpião sexta e sábado é com dramatismo que desejamos maior controlo nas relações e valores ou poderes partilhados depois da pressão agravada ontem pela conjunção da Lua a Júpiter em quadratura a Plutão e Vénus que pôs em causa ganhar ou perder terreno, dinheiro ou o controlo da pulsão amorosa. O trígono da Lua no Sábado a Neptuno em Peixe suaviza e tinge de idealismo, criatividade, inspiração o que se pretende ser uma nova maneira de estar nas relações ao mesmo tempo que a quadratura de Júpiter a Vénus tende a levar-nos a gastos exagerados, comportamentos extravagantes que no  Domingo, com a Lua em quadratura a Marte em Aquário que por seu lado está em trígono a Júpiter se traduz numa escalada de ofensas e respostas defensivas. Vale-nos semi-sextil de Vénus a Saturno que revela a importância de vivermos a verdade das relações de forma ordenada, com lealdade e disciplina, respeito e responsabilidade conscientes, apesar da turbulência emocional.

Imagem do filme ” The Thin Man” baseado no livro de Dashiell Hammett

astro_w2gw_28_carta_do_dia-55372-14758 astro_w2gw_28_carta_do_dia-55389-15232

Anúncios