Nesta noite de terça para quarta, uma Lua Cheia em Gémeos ilumina as várias possibilidades de caminho a seguir assim como a enorme responsabilidade que há na sua execução. Regida por Mercúrio que se aproxima de uma conjunção a Plutão em Capricórnio e oposta ao Sol e a Saturno conjuntos em Sagitário, esta Lua mostra as opções, os contactos e os vários aspectos a ter em conta no esforço de desenvolver uma lógica construtiva e uma estrutura razoável que traduzam o novo ciclo de organização de vida pessoal ou colectiva que temos de definir. Essa lógica e esse ciclo têm de ter em conta três aspectos: em primeiro lugar, não estamos sozinhos neste processo e é através do outro e de relações equilibradas que esclarecemos propósitos e encontramos saídas, com Júpiter em Balança trígono à Lua e Vénus em Aquário. Em segundo, apesar da importância de agir em concertação, temos também de ter iniciativas próprias e assinalar onde queremos chegar, com a Lua em sextil a Urano em Carneiro e Marte em Aquário. Por último, o que nos move tem de ser a vontade de voltar a acreditar, ultrapassando, por via da razão, velhas feridas inibidoras e, com pleno sentido de responsabilidade pessoal, abrindo um novo ciclo de verdade, empenho, expansão contidas dentro de um sentido da ordem maior, com a Lua e Sol e Saturno em quadratura a Quíron em Peixes que está em sextil a Mercúrio e Plutão em Capricórnio.

Em resumo, uma Lua Cheia para tomar consciência das muito hipóteses em aberto e conscientemente escolher ultrapassar preconceitos e traumas, dedicando-nos a construir qualquer coisa de sólido e de futuro, ancorado no que é realmente a verdade de cada um.

astro_w2gw_28_carta_do_dia-35525-4430

Anúncios