Este sábado podemos ir ao encontro dos outros, intuir onde pertencemos e como nos integramos sem deixar de ser nós próprios e sem esperar grandes gratificações, apenas a satisfação do dever cumprido que, a longo prazo, trará certamente compensações. Tal como o Sol a quem fez ontem conjunção de Lua Nova,  a Lua está hoje ainda em Aquário, agora em trígono a Júpiter em Balança, cujo regente Vénus está em Peixes em quadratura a Saturno em Sagitário- que Júpiter rege.. A capacidade de agir, iniciar processos e garantir a individualidade mesmo quando nos envolvemos colectivamente vem de Marte recém entrado em Carneiro onde também está Urano regente do Aquário em trígono a Saturno e oposto a Júpiter. Resultado, neste sábado vamos continuar o que começamos na Lua Nova de sexta, com mais ímpeto, mais ecos e sempre de forma sóbria, contida e segura.

astro_w2gw_28_carta_do_dia-76797-21198

Anúncios