Sol e Lua juntam-se hoje no signo de Aquário, numa Lua Nova que pede que nos recoloquemos no mundo, com uma nova perspectiva de quem somos e do que nos une e separa dos outros. Os regentes de Aquário, Saturno e Urano, estão em trígono de Fogo, de Sagitário para Carneiro, no que simboliza o apoio de uma coerência entre o que pensamos serem princípios, leis, regras, um horizonte controlado, uma visão do correcto e a nossa capacidade de agir, iniciar processos, ter iniciativas que correspondam a essa perspectiva do que é verdade e queremos defender. Marte sai hoje de Peixes para entrar em Carneiro o que dá ainda mais ímpeto a tomarmos medidas e atitudes que, num sextil à Lua Nova representem condignamente essa vontade de começar de novo, lançar as sementes de que se vai desenvolver como uma nova relação com nós próprios e com o colectivo em que estamos inseridos. Um sextil de Júpiter em Balança a Saturno em oposição a Urano diz-nos também que podemos contar com grandes apoios e que temos apenas de equilibrar a nossa parte de responsabilidade com a ajuda recebida. No entanto, há um esforço de relacionamento a fazer já que Saturno quadrado a Quíron e a Vénus em Peixes nos pode fazer sentir demasiado isolados. A chave está em aproveitar esta Lua Nova para começar um novo ciclo lunar em que a energia vital e as emoções trabalhem em uníssono para, com sobriedade, olharmos para o que está nas nossas mãos fazer, fazê-lo, reconhecer os apoios existentes e aceitar tanto os limites alheios como os próprios.

 

astro_w2gw_28_carta_do_dia-76751-18917

Anúncios