Falar do que é difícil é hoje possível mas não podemos desperdiçar a oportunidade de ordenar emoções indo atrás de sentimentalismos, falta de disciplina mental ou de atenção ao detalhe. Mercúrio está em Capricórnio em sextil a Quíron em Peixes o que abre o caminho para diálogos e análises estruturantes do que são dores ou carências profundas ou antigas mas, ao fazer quadratura a Júpiter em Balança, podemos acabar por falar demais, desgastar hipóteses e perder de vista o objectivo de cura. De facto, queremos agir, fazer acontecer, ter iniciativas e esse empenho pode também ser fonte de conflito ou acidentes pela impulsividade que acarreta, com a Lua em Carneiro a fazer conjunção a Marte e a avançar para uma conjunção a Urano. Como pano de fundo temos até Setembro próximo um aspecto que se vai repetir várias vezes devido aos movimentos de retrogradação e que é o da oposição de Júpiter em Balança a Urano em Carneiro. Ou seja, serão meses para irmos encontrando a justa medida entre a iniciativa própria e  o equilíbrio das relações, entre a impulsividade e a sabedoria ou sentido das regras. Com Saturno também até ao final do ano em Sagitário, quanto mais seriedade pusermos nos conceitos que nos devem reger mais fácil será de encontrar o ponto justo entre o eu e o outro.astro_w2gw_28_carta_do_dia-63190-7806

 

Anúncios