Dizemos o que pensamos talvez forma brusca mas o facto é que pretendemos estabilizar situações, mesmo que, para que tal aconteça, seja necessário algum choque inicial. Há um grande desejo de acção com a Lua, Vénus, Sol, Urano e Mercúrio em Carneiro e a tendência podia ser a de disparar em todas as direções não fosse um trígono hoje da Lua e de Mercúrio a Saturno em Sagitário que garante que se pense nos assuntos e no seu impacto a longo prazo. A lógica tem de se sobrepor ao impulso cego e o sentido prático e de serviço permeia as comunicações com o Nódulo Norte em Virgem regido por Mercúrio. Temos também de ter em conta que não estamos sozinhos nos processos e que quanto mais apoios tivermos maiores as possibilidades de agir de forma inovadora com Júpiter em Balança, regido por Vénus, em oposição a Urano em Carneiro. Marte em Touro e a entrada da Lua em Touro, pelo meio da tarde GMT, acalma os ímpetos e põe o foco nos custos do que se pretende, sejam eles financeiros ou morais. Estamos a preparar transformações profundas na ordem das coisas e há que analisar valores, vontades e parceiros até poder avançar realmente entre 4 e 5 de Abril quando Marte fizer trígono a Plutão e Saturno entrar retrógrado.

Anúncios