Vamos ao fundo das questões, tentamos perceber o que valem as amarras, a que estamos presos emocional ou materialmente e é com paixão que mergulhamos no sonho de tudo resolver, de uma forma ideal, de que tenhamos controlo, com a Lua em Escorpião, em oposição a Mercúrio em Touro e de seguida num trígono a Neptuno em Peixes. Há um sentido de urgência em tomar posição, iniciar processos, definir novos valores que resolvam carências ou feridas antigas, com Sol e Urano conjuntos em Carneiro e o seu regente Marte em Touro rem sextil a Vénus e Quíron em Peixes.
Estamos a rever matéria, com novas tácticas mas sempre com o mesmo objectivo em vista: estabilizar uma visão de futuro -através de acordos e regras – que se traduza em benefícios para todos os envolvidos com a renovação, revisão ou novo cálculo do investimento pessoal, material ou emocional a dedicar ao tema, graças a Saturno em Sagitário em trígono a Sol e Urano em Carneiro e Júpiter em Balança em aspecto a Plutão e ao Sol. Com Vénus em quadratura a Saturno não podemos ir tão longe ou ter tudo o que queremos mas faremos a melhor gestão possível, racionalmente, controlando a eficácia com a ajuda da Lua em Escorpião em sextil ao Nódulo Norte em Virgem.

Fotografia de Shirley Baker, Manchester, GB, 1960

Anúncios