Na senda de ontem, temos também hoje de estar preparados para os rasgos da sorte, cuidadosos para não ir atrás de impulsos de consequências imprevisíveis, abertos ao que de novo se apresentar como caminho. Pela tarde GMT, a viagem, o conhecimento, a leitura, escrita, o alargar de horizontes físicos e mentais domina os interesses com a Lua em Sagitário acabada de fazer, pela manhã, a partir do fim do Escorpião,  trígono a Vénus em Quíron em Peixes e oposição a Marte em Touro: ultrapassámos pela positiva, etapas e avaliações e podemos seguir um outro rumo em que novos valores se levantam, com Sol e Urano conjuntos em Carneiro e Marte seu regente em Touro. Acima de tudo não podemos ficar presos em padrões antigos, há que tomar iniciativas, inventar o que for preciso para tomar os assuntos em mão e livremente negociarmos novos equilíbrios nas relações  com a oposição de Sol e Urano a Júpiter em Balança. O trígono de Saturno em Sagitário a Urano em Carneiro que se prolonga até finais de Maio garante que, re-avaliado o passado, presente e  futuro se articulem com um mínimo de rupturas e um máximo de progresso.

Anúncios