Sabemos o que queremos e temos a força para o dizer mesmo que isso dê lugar a discussão. Nesta sexta-feira, pela manhã, intuímos o que nos separa e une dos outros ou em sociedade, seguros das nossas ideias mas capazes de nos dispersar por ter demasiado em mãos, enquanto revemos o que de facto pretendemos de diferente, com a Lua em Aquário em quadratura a Marte em Gémeos mas sextil a Saturno em Sagitário e a Mercúrio conjunto a Urano em Carneiro, assim como ao Sol recém entrado em Touro. Pela tarde a Lua entra em Peixes e a capacidade de sonhar aumenta com uma extra-sensibilidade ao que nos rodeia que no entanto é difícil de exprimir sem que haja conflitos de perspectivas, ainda pela quadratura a Marte. Contas feitas, a quadratura de Vénus em Peixes a Saturno em Sagitário pede controlo das emoções, das fantasias e dos gastos excessivos. A contenção impede o disparate e afina o propósito.

 

Anúncios