Há que fazer qualquer coisa de novo, ter iniciativas mas apesar do impulso a chave está na sobriedade do comentário, do desejo, do gesto. A poucos dias da Lua Nova em Touro em que vai iluminar novos valores a defender, devemos, até lá – dia 26 – fazer o que for preciso para que essa semente do que é importante,  – do que tem valor material e não só, – posso ser plantada em terreno fértil porque as ideias são claras e os objetivos a longo prazo bem definidos. Isto porque Mercúrio está também até quarta feira em trígono a Saturno em Sagitário e retrógrado, sinais de que há que fazer certas revisões da lógica que nos move, com cuidado acrescido porque Marte regente do Carneiro está em Gémeos, signo de dualidade regido por Mercúrio. Ou seja, que temos ainda de eliminar da nossa lógica de acção, ou porque é pouco pensada, ou porque existem dúvidas? A quadratura de Marte ao Nódulo Norte reforça a tensão e dificuldade em ter sentido prático e noções de serviço mas Júpiter em Balança em aspecto à Lua e a Plutão, com Vénus seu regente em Peixes abre algumas portas de compaixão e esforço de equilíbrio das relações.  As decisões que estamos a tomar, porque terão impacto a longo prazo, devem partir de fundamentos sérios, bem pensados e há correcções que se podem fazer antes que seja tarde demais. O discernimento deve ser o único guia.

 

 

Anúncios