No sábado de manhã há ainda detalhes a tratar, cuidados ou trabalhos a ter, mas a partir da tarde e ao longo de Domingo o foco vai para os relacionamentos e a justa medida entre o que damos e o que recebemos, a harmonia e a festa dos encontros. Isto porque a Lua sai de Virgem na tarde de sábado e passa a Balança onde no domingo faz trígono a Marte em Gémeos, oposição a Vénus em Carneiro e conjunção a Júpiter, num ponto alto de contactos e expressão de emoções ou comunicação.  No entanto há cuidados a ter porque a conjunção de Mercúrio a Urano em Carneiro – que vai durar até ao início da semana e estará em tensão máxima na Lua Cheia de Escorpião dia 10 – pode trazer repentes, surpresas, impulsos, notícias súbitas de mudança que destabilizam a segurança que o Sol em Touro, ou onde se foca a vontade, agora prefere.  Também há aspectos de Mercúrio/Urano à Lua no sábado que são indícios de perturbação ou inconsistência e os riscos de acidente também são maiores dada a natureza repentina  dessa conjunção. É na comunicação, verbal ou através de meios de transporte que esse risco mais se faz sentir já que Marte, regente do Carneiro está em Gémeos que Mercúrio rege e que Marte está em semi-quadratura  a Mercúrio e Urano. Marte aproxima-se também de um trígono exacto a Júpiter na próxima Lua Cheia a a Lua toca este fim-de-semana nesse ponto de transformação contractual, relacional a vir .  Saber o que se tem para dar e equilibrar isso com o que se quer receber pode ser um dos programas do fim-de-semana.

 

 

Anúncios