Esta semana começa com ímpeto e frustração a menos que sejamos capazes de uma disciplina férrea, com os pés bem assentes, sem medo das mudanças que se avizinham. Temos que nos preparar para o final da semana, desde hoje, numa sequência de passos para maximizar os benefícios e reduzir as más surpresas. Lá para quinta e sexta feira próxima, em simultâneo, Vénus e Urano vão estar conjuntos em Carneiro, Mercúrio em Touro vai fazer um trígono a Plutão em Capricórnio e o Sol em Gémeos vai estar em trígono a Júpiter em Balança. Ou seja, durante a semana temos de ir dando os passos necessários para quando chegarmos ao fim podermos estabelecer facilmente acordos, alianças, processos de comunicação ou sociedades que sejam inovadoras e representem  umas transformação proveitosa das estruturas, poderes e bens existentes e partilhados. Está nas nossas mãos ter as iniciativas, largar valores caducos, apostar em valores seguros e fazê-lo em parceria. Mas daqui até lá há ajustes a fazer sendo que o principal hoje é o de não agir nem falar sem pensar primeiro o que se pretende a longo-prazo, já que Marte em Gémeos está oposto a Saturno em Sagitário. Marte pode acção, Saturno exige reflexão e análise dos custos e a Lua ao fazer de  manhã quadratura a Vénus e Urano exacerba também os ímpetos e rompantes que serão necessariamente prejudiciais ao que se prentende que seja uma estratégia bem montada para chegar a bom porto dentro de dias, não hoje… Pela tarde a Lua entra em Leão onde vai estar também amanhã e é bom reflectirmos, sem dramatismo, como melhor podemos contribuir para o nosso próprio sucesso, sem ignorar o bem estar-alheio.

\

 

Anúncios