A manhã pode ser passada a acabar de organizar o que se começou na véspera mas, pela tarde, o foco vai para as relações, os contratos, o equilíbrio de forças no amor, no negócio, na justiça das coisas, com a Lua a passar de Virgem  -onde acabou a fazer um trígono a Vénus em Touro, – para a Balança onde se prepara para no fim-de-semana testar a nossa capacidade de manter a calma e o sentido do correcto quando testada na necessidade de rever posicionamentos familiares, situações domesticas, dependências emocionais, ao fazer quadraturas múltiplas ao Sol, Marte e Mercúrio em Caranguejo e a Plutão em Capricórnio. Face à possibilidade de um fim-de-semana  de alta tensão em que também Quíron entra retrógrado em Peixes, aproveitar o dia de sexta-feira para reforçar a estabilidade interior e analisar quanto do que nos afecta é realmente importante ou real, para evitar reacções excessivas que desequilibrem ainda mais os pratos da Balança.

Anúncios