A ambição de controlar a ordem das coisas, no seu geral e no detalhe, com o desejo de assim nos sentirmos mais seguros emocionalmente, em casa, em família, nas rotinas, no trabalho domina hoje as nossas reações instintivas com a Lua a entrar em Capricórnio, em trígono a Mercúrio em Virgem e em oposição a Vénus em Caranguejo. Para conseguir esse controlo é preciso agir e o Sol, Marte e o Nódulo Norte em Leão estimulam o exercício da vontade, da determinação individualista, do ímpeto criativo. Sol e Marte em sextil a Júpiter em Balança indicam que temos a oportunidade de contar com bons contactos para  levar por diante os nossos próprios objetivos mas não podemos esquecer que é preciso equilibrar a vontade com uma certa humildade ou avaliação e reconhecimento das consequências antes de arrasarmos tudo em redor, indo atrás de vontades cegas pelos aspectos de Marte e da quadratura de Júpiter a Plutão. Urano em Carneiro entrou ontem retrógrado e obriga a pensar duas vezes antes de agir. As revoluções em curso na vida têm de ser bem pensadas e a precisão e discernimento têm de iluminar os gestos. Amanhã a Lua faz conjunção a Plutão e quadratura a Urano e veremos mais claro o que é possível e impossível.

Imagem: General Montgomery no Egipto, 1942

Anúncios