Por Clara Days:
Palavras-chave: Vitalidade; equilíbrio; auto-estima; motivação.

Ultrapassada a confusão da numeração (esta carta é tradicionalmente o 11, mas o baralho de Rider -Waite e seus seguidores inverteram-lhe a numeração com a Justiça, passando a 8), concentremo-nos no significado deste Arcano Maior do Tarot.
A Força / Entusiasmo surge para inspirar esta terceira semana em que o Sol está em Leão, e a associação é clara: há aqui uma relação explícita com uma fera que se domina e aquieta, com firmeza, mas também afecto. Há um intercâmbio entre a energia do ser humano e a vitalidade animal, numa alusão à força da natureza que cada um transporta em si. A energia animal / selvagem, que será o nosso estado natural, associa-se harmoniosamente ao nosso ser racional.
Há nesta carta uma referência à auto-aceitação, cada um entendendo-se como um todo complexo mas que pode ser equilibrado. Pede que valorizemos o nosso lado instintivo e irracional, tentando compreendê-lo e integrá-lo nas nossas acções e decisões. O equilíbrio de cada ser humano depende da relação harmoniosa entre o consciente e o inconsciente, e isso passa por cada um se sentir bem no corpo e assumir e expandir o seu potencial criativo, afirmativo, perante os outros e o mundo.
Temos então, a um tempo, o controle suave que podemos fazer do nosso lado impulsivo e instintivo, bem como a energia vital e paixão pela vida que nos impele a avançar e enfrentar com entusiasmo o que temos pela frente. Há brilho, firmeza, combatividade e uma energia generosa na sua expansão.

As imagens das cartas, nos diferentes baralhos, representam maioritariamente uma mulher e uma fera, geralmente um animal de grande porte que se lhe submete em gesto cúmplice e amigável. O domínio é da mulher, mas não há imposição pela força, antes uma harmonia natural entre os dois protagonistas. Em algumas versões de baralhos ancestrais, contudo, está um ser humano que sova o animal, com um pau ou outra arma, corpo a corpo. A interacção entre o ser humano e a fera que esta carta nos mostra pode então ser uma atitude de ataque e domínio físico, mas é preferencialmente representada como sendo mais tranquila, de controle suave e harmonia inspiradora. É frequente a representação da lemniscata (o 8 deitado que simboliza o conceito de infinito), pairando sobre a cena. Este sinal gráfico foi adoptada por diversas linhas espirituais, onde simboliza a evolução quando observada de dois lados,o fisico e o espiritual, interligando-se em permanente interacção.
A Força (ou Paixão / Entusiasmo) está associada ao signo de Leão, da afirmação pessoal, do domínio e da liderança. A letra hebraica que lhe é associada é TETH , a serpente, a espiral que se interliga. O número 11, embora possa ser reduzido ao 2 da polaridade (aqui entre a força animal e a racionalidade humana), é um “número mestre”, cuja vibração denota inspiração, intuição e capacidade de levar a cabo as metas mais arrojadas e improváveis. O seu título esotérico: “A Filha da Espada Flamejante” ou “O Senhor do Leão”.

Esta semana ajudará a que reforcemos a nossa auto-estima e nos entreguemos às nossas tarefas com vontade de vencer. Força-nos também a lidar com o animal que há em nós e a respeitá-lo.
Será uma semana para harmonizar o bem-estar do corpo com a convicção espiritual, para ouvir o instinto e integrá-lo nas decisões. Haverá provavelmente um aumento da energia vital, uma motivação acrescida para agir e intervir no mundo que nos rodeia.
Embalados pela Força do Entusiasmo, podemos expandir a nossa energia positiva e contagiar.

Imagem  – A Força (personagem masculina) – Tarot de Visconti-Sforza – séc. XV

Clara Days

Anúncios