Solidificar a ideia de quem somos, estruturar relações amorosas e criativas e definir investimentos a longo prazo torna-se mais fácil hoje desde que sejamos capazes de não nos dispersar entre as várias opções que se nos apresentam.  Estamos, com sentido crítico,  a trabalhar, a analisar, a contabilizar, a servir um qualquer propósito com o Sol, Marte e Mercúrio em Virgem e apostamos  na nossa capacidade de relacionamento para atingir objectivos, com Vénus em Leão, conjunto ao Nódulo Norte, em sextil a Júpiter em Balança. Como Saturno em Sagitário está em trígono a Vénus e ao Nódulo tudo parece fluir, sem obstáculos, no sentido de, com ideias claras sobre princípios e regras a seguir, conseguirmos afirmar essa força  criativa sem que o orgulho perturbe o sentido de realização. O grande esforço a fazer é o de não desencorajarmos  ou dispersarmos com a oposição da Lua em Gémeos a Saturno em Sagitário que nos força a sintetizar as opções ou interesses contraditórios que nos distraem de uma perspectiva única de progresso. Há que viver esta oposição como a sorte de podermos escolher  e não como a repressão de ideias. Urano em trígono a Vénus dá-nos a certeza que vamos escolher sem dificuldade uma terceira via, original, inteligente, livre para mostrar do que somos capazes e também a possibilidade de sermos surpreendidos com novos relacionamentos..

Anúncios