Com a entrada de Mercúrio hoje em Escorpião onde faz conjunção a Júpiter entramos num período em que a mente tem de se dedicar a descobrir e comunicar a melhor forma de avançar com correcções profundas nos processos emocionais de ter ou partilhar, poder ou não poder, guerra e paz em casa, trabalho, sociedade já que só com novos horizontes e um novo espírito é que podemos progredir e alinhar o coração com a realidade. Porque Sol e Vénus estão em Balança, apesar da profundidade e intensidade da revolução em curso na maneira, princípios e estruturas que nos permitem expandir- Júpiter em Escorpião e Plutão em Capricórnio – tentamos ainda equilibrar as coisas e ouvir e respeitar um sistema de contrapartidas, como se o diálogo pudesse resolver as tensões. Pela tarde, quando a Lua sair da conjunção a Marte em Virgem, acaba-se a discussão sobre os detalhes das propostas de mudança ou correcção do que está mal e percebemos, pela entrada da Lua em Balança, quão difícil vai ser manter o status-quo.A chave está em, mantermos a cabeça fria sobre objectivos de futuro que correspondam à nossa indentidade criativa e amorosa, com Saturno em Sagitário em trígono ao Nódulo Norte em Leão.  Até à Lua Nova em Balança dia 19 temos de tentar esse diálogo transformador. Na Lua Nova que será oposta a Urano em Carneiro se verá as relações que ficam e as que terão de ser abandonadas porque não respeitam a especificidade do parceiro.

Anúncios