Pôr o dedo na ferida e falar do problema é aconselhável hoje já que os resultados podem ser transformadores da ordem das coisas mas isso só acontece se formos capazes de olhar com sentido prático para as questões emocionais e em vez de pensar na dor imediata ou antiga pensarmos na cura a longo prazo. A Lua está hoje em Peixes onde faz conjunção as Quíron, o aspecto que revela carências e feridas que há que ultrapassar e faz sextil a Plutão em Capricórnio e trígono a Mercúrio em Escorpião, sinais de que para mudar a situação há que ir ao fundo das questões e com lógica analisar o que se pode fazer, com o apoio de Saturno em Sagitário que, em quadratura à Lua impede que vamos atrás das emoções e pede novos horizontes bem estruturados. O sextil de Saturno a Vénus em Balança ameniza os esforços e traz apoios externos enquanto o Nódulo Norte em Leão nos lembra que cada um tem de viver a sua própria história e para isso podemos também contar com os apoios dos outros, com outro sextil a Vénus em Balança. Em resumo, se doer há que olhar para os fundamentos do problema, para a lógica da regeneração e procurar uma saída pessoal, bem pensada, mas não solitária. Sol e Júpiter em Escorpião dão a maior força para vencer todos os entraves.

Anúncios